(54) 3333-9000
(54) 99983-0259

INFORMATIVOS

MANEJO DE FINAL DE CICLO DA CULTURA DA SOJA

Estamos nos aproximando do momento da maturação da cultura da soja, cuja importância principal é a manutenção do limbo foliar fotossinteticamente ativo até o momento da senescência natural, proporcionando pleno enchimento de grãos e máxima produtividade.

                Na corrente safra, o clima tem favorecido a cultura em grande parte do desenvolvimento, permitindo-a construir potencial e estrutura fenológica comparáveis ao encontrados na safra passada. Houve a ocorrência de um período de estresse hídrico que perdurou cerca de 20 dias, causando alguns efeitos interessantes em relação a ocorrência de ferrugem, principal doença da oleaginosa.

                Este período de estresse hídrico determinou a queda de folhas desidratadas no terço inferior, principalmente nas cultivares mais precoces, e implantadas no inicio da janela de cultivo, que aliada ao aumento das temperaturas diminuiu significativamente a severidade da doença.

                A evolução da ferrugem da soja (Phakopsora pakhyrhizi) em relação às safras anteriores tem tido o aumento de sua severidade retardada tanto em virtude da condição climática ocorrida em meados de janeiro, mas, destaca-se o aumento do cuidado e da qualidade das aplicações realizadas pelo produtor.

                Atualmente têm se percebido no campo o aumento significativo da severidade de ferrugem, principalmente pela maturação das cultivares de ciclo precoces e pelo clima que tem favorecido o aumento da dispersão e infecção da doença.

                Tal fato deve colocar os produtores em alerta, principalmente para as cultivares de ciclo mais longo e semeaduras de segunda quinzena de novembro que estão ainda em fase de enchimento de grãos, podendo ocasionar grandes perdas no rendimento da cultura.

                Contudo a sanidade da cultura tem sido superior às safras anteriores, proporcionando expectativa de produtividades tão boas quanto à safra passada na maioria das lavouras, embora houvesse dificuldade no estabelecimento no inicio do cultivo.

 


Eng. Agr. Mauro Roberto Rohr

DETEC - COAGRIL

Galeria de Fotos

 Clique nas imagens para ampliar

OUTROS INFORMATIVOS

Semeadura da cultura da soja

LER MAIS
DESSECAÇÃO EM PRÉ SEMEADURA DA CULTURA DA SOJA

DESSECAÇÃO EM PRÉ SEMEADURA DA CULTURA DA SOJA

LER MAIS
DESSECAÇÃO PRÉ-COLHEITA DO TRIGO

DESSECAÇÃO PRÉ-COLHEITA DO TRIGO

LER MAIS